Home Notícias Energia solar ficou 10% mais barata no segundo trimestre de 2023
Aproveite para investir em economia e gerar sua própria energia

Energia solar ficou 10% mais barata no segundo trimestre de 2023

Queda foi impulsionada por fatores como a redução do valor do dólar e do polissilício no mercado internacional.

Fonte: Canal Solar Autor: Henrique Hein 16 de Agosto de 2023

preço médio do watt-pico (Wp) para sistemas de energia solar registrou queda de 10% no segundo trimestre deste ano na comparação com o primeiro.

As informações fazem parte do mais novo estudo do Radar Solfácil, um indicador que avalia o comportamento do consumidor e performance dos sistemas de energia solar no Brasil.

Os números apresentados apontam que o custo médio caiu de R$ 4,02 por Wp no final de março para R$ 3,63 por Wp no final de junho, na maior queda já registrada pelo Radar Solfácil.

A queda foi impulsionada, principalmente, por fatores como a redução do valor do dólar e do polissilício no mercado internacional. A matéria-prima é o principal material utilizado pela indústria fotovoltaica para fabricação de painéis solares.

Entre os estados brasileiros, somente o Amapá não teve redução no preço do WP no segundo trimestre. A região, contudo, é a que apresenta um dos valores mais competitivos do mercado nacional.

De acordo com o estudo, a região Centro-Oeste foi a que apresentou a maior redução média nos preços, cerca de 12%. Em contrapartida, a região Norte foi a que apresentou o custo médio mais caro do país, com R$ 3,75 por Wp.

Na região Nordeste, o Radar Solfácil destaca que, apesar dos preços acima da média, as condições geográficas tornam a localidade uma das regiões mais vantajosas para se investir em energia solar.

“Todos os estados tiveram uma redução de pelo menos 9% entre o primeiro e segundo trimestre de 2023, sendo o Sergipe o estado com a maior queda no preço de todo o Brasil, de 23%”, destaca o estudo.

A região Sudeste, por sua vez, se tornou neste segundo trimestre a segunda com o menor preço por Wp do Brasil, com média de R$ 3,60.

Já a região Sul se tornou mais cara que Sudeste e Nordeste, sendo a localidade com maior diversidade na escolha de inversores, com Goodwe, Deye e Growatt dividindo a primeira posição. Nas demais regiões do país, sempre há a predominância de uma marca sobre as demais.

Esta notícia não é de autoria da Infinit Solar, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pela Infinit Solar. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui

Share:

Related Post